Sobre

Edifício granítico, datado de 1582, reedificado em estilo neoclássico no ano de 1767 segundo o projecto do arquitecto Eugénio dos Santos, por iniciativa de João de Almada e Melo e com financiamento da Companhia Geral da Agrigultura das Vinhas do Alto Douro. Desenvolve-se numa sucessão geométrica de janelas - 103 no total dos pisos. Tem planta poligonal com quatro fachadas, duas delas resguardando as duas funções do edifício: a fachada nobre, na Rua de S. Bento da Vitória, dá entrada para o sector do Tribunal de Relação. A outra entrada, aberta para a Cordoaria, foi construída para a passagem directa dos presos e é, hoje, a entrada principal do edifício.
Aqui cumpriram pena nomes como Camilo Castelo Branco, um dos mais famosos escritores Portugueses, preso por adultério, e o célebre Zé do Telhado, preso por roubo.
Entre 1999 e 2002 o edifício sofreu trabalhos de restauro, coordenados por Eduardo Souto de Moura e Humberto Vieira, de modo a adequar-se às actuais funções de Centro Português de Fotografia. Este possui um centro de exposições e são possíveis visitas guiadas ao edifício.
Ponto integrante da Rota Urbana do Vinho.

Acessível a pessoas com limitação Física

Como chegar

Galeria

Localização

{{ address }}

Pontos de Interesse Próximos

Veja mais

Informação Adicional

Wi-fi
  • WiFi
Área de fumadores
  • Não
Accessibilidade
  • Física
Zona
  • Baixa
Tema
  • Museus & Património
  • Arquitetura
Tempo médio de visita
  • 20m
  • Morada
    {{ address }}
  • Horário
    Neste momento: Fechado
    Terça-feira 10:00 - 12:30 14:00 - 17:00
    Quarta-feira 10:00 - 12:30 14:00 - 17:00
    Quinta-feira 10:00 - 12:30 14:00 - 17:00
    Sexta-feira 10:00 - 12:30 14:00 - 17:00
    Sábado 15:00 - 19:00
    Domingo 15:00 - 19:00
    Segunda-feira Fechado
  • Preço
  • Detalhes
    {{ telephone }}
    {{ email }}
  • {{ author }}

    2019-09-10