O maior evento desportivo feminino do Porto, um dos mais marcantes do país, terá este ano um formato diferente do habitual e vai aceitar inscrições de toda a família. Parte do valor angariado será, uma vez mais, doado ao IPO-Porto e sua luta contra o cancro da mama. 

 

Na impossibilidade de reunir milhares de participantes nas ruas da cidade do Porto, a EDP Corrida da Mulher vai ter este ano uma edição especial, com encontro no mundo digital a 22 e 23 de maio. Será a primeira edição virtual da prova e poderá ser realizada em qualquer parte do mundo.

 

Outra das novidades é que, pela primeira vez na sua história, a EDP Corrida da Mulher vai aceitar a participação de toda a família. A ideia é que todos possam usufruir de um fim de semana diferente, e sobretudo divertido, em família.

 

De resto, e como é tradição no evento, parte do valor das inscrições será doado ao IPO-Porto, para aplicar na sua luta contra o cancro da mama. Ao longo das suas 14 edições foram já angariados mais de 263 mil euros, através da participação de 225.000 mulheres.

 

Com um limite previsto de 5.000 inscrições, a EDP Corrida da Mulher Virtual pretende relembrar a importância do rastreio do cancro da mama e, ao mesmo tempo, homenagear a mulher e promover o exercício físico de toda a população. 

 

As inscrições têm um custo de oito euros e estão disponíveis no website da organização até ao dia 18 de maio ou até as vagas estarem esgotadas. O kit de participante, que inclui uma t-shirt técnica e o dorsal digital, será enviado para casa de cada participante. Os participantes poderão mais tarde descarregar um diploma de participação.

 

Cada um pode realizar a prova no seu ritmo, correndo ou caminhando os quilómetros que definir. O percurso deve ser feito individualmente, evitando a participação em grupo, em ruas ou parques próximos de casa.

Mais artigos

  • Ágora - Cultura e Desporto


    Atualizado pela última vez 2021-04-05