Três produções próprias, quatro produções internacionais, 15 estreias e a participação de três diretores artísticos compõem a temporada antecipada do Teatro Nacional São João (TNSJ), que arranca a 6 de agosto.


As celebrações do centenário do Teatro São João vão prosseguir até março de 2021, com uma programação que contempla 15 estreias, três produções próprias, quatro produções internacionais e mais de duas dezenas de coproduções. A nova temporada conta ainda com um elogio aos diretores artísticos Nuno Cardoso, Nuno Carinhas e Ricardo Pais, que passaram pelo TNSJ e deixaram um contributo importante para a história e desenvolvimento do teatro na cidade do Porto e no país.


Com a comemoração dos 100 anos de existência, o Teatro Nacional São João antevia um ano atípico, mas estava longe de prever que isso seria sinónimo de ter de fechar portas, durante três meses, devido à pandemia.


Após ver a programação prevista para os espaços que gere - nomeadamente o Teatro Carlos Alberto - TECA  e o Mosteiro de São Bento da Vitória - suspensa, entre os meses de março e julho, a instituição conseguiu garantir o reagendamento de todas as coproduções para esta nova temporada de 2020/2021 e ainda o acolhimento de novos espetáculos nacionais e internacionais.

Mais artigos

  • Câmara Municipal do Porto


    Atualizado pela última vez 2020-07-13