O nome diz que é em outubro, mas a bebida mais icónica tem nome de março e a festa não espera muito e arranca ainda este mês. Durante duas semanas, a Fábrica Nortada traz de novo ao Porto “a maior festa de cerveja do mundo”. O Oktoberfest está pronto a ser servido.


Fazer cerveja é uma arte que já conquistou o seu respeito: na sua origem, a região alemã da Baviera, onde está instituída a “Lei da Pureza”, considerada a mais antiga lei alimentar e que define os ingredientes com que esta bebida deve ser feita; mas também no Porto, onde a tradição já vai na quarta edição.


Até 9 de outubro há trajes e decoração ao mais tradicional estilo bávaro, uma série de animações temáticas como o “beer pong” e um jogo das damas em versão cervejeira, e um menu alemão especialmente dedicado. Há pretzels, salsichas, schnitzel e apfelstrudel para acompanhar as variedades de cerveja disponíveis.


A rainha da festa é, como habitualmente, a caneca de Märzen, a cerveja de moderado aroma a maltes alemães, algo doce, mas seco no final, transparente e límpida, com espuma em tom marfim, que é produzida na Baviera em março.


O Oktoberfest é “um momento relevante para a indústria cervejeira em geral, que certamente vai assinalar o regresso das celebrações e dos convívios em família e entre amigos”, acredita Rui Pedro Pimenta, da Nortada.

Mais artigos

  • Câmara Municipal do Porto


    Atualizado pela última vez 2021-09-27