As duas maiores indústrias cinematográficas do mundo surpreendem o espectador, de quando em vez, com subtis apontamentos que para qualquer portuense são motivo de orgulho. De um livro de Siza Vieira em primeiro plano num filme com Keanu Reeves, à velhinha presença de um cartaz de Vinho do Porto na mítica série “Friends”, a cidade Invicta deixa a sua marca na sétima arte.



Em “John Wick”, thriller norte-americano de 2014 que tem Keanu Reeves como protagonista, existe uma cena em que é bem visível a lombada de um livro sobre a obra do arquiteto portuense Álvaro Siza Vieira.


Um adereço meticulosamente escolhido pela cenografia do filme, a quem por certo não era alheio o extenso portefólio do primeiro Pritzker português (galardão equiparado aos “óscares da arquitetura”), formado na Escola do Porto.


Puxando a bobine do tempo, outro exemplo mais antigo chega-nos igualmente do outro lado do Atlântico. Na célebre série televisiva “Friends”, quem não se lembra do cartaz Ramos-Pinto que decorava o quarto da personagem Monica Geller? Há cerca de 30 anos era o Vinho do Porto o grande produto embaixador da cidade no mundo.


Ainda mantém esse estatuto, mas felizmente hoje o Porto granjeou reconhecimento mundial suficiente que passou, ele próprio, a entrar nas cenas do grande ecrã. Quer seja através de grandes produções nacionais, como “A Espia”, mini-série da RTP que retratou a posição da “aparente neutralidade” de Portugal na Segunda Guerra Mundial, quer pela câmara de grandes blockbusters (sucessos de bilheteira) internacionais.


É o caso de Bollywood, que já descobriu o Porto. Em setembro de 2017, estreava “Paisa Vasool”, um filme de ação indiano com cenas gravadas em pleno Centro Histórico do Porto. Um ano depois, em 2018, uma nova produção filmava na cidade.


“War” viria a ser outro sucesso de bilheteira, quando foi lançado no ano passado. Só o trailer do filme soma mais de 125 milhões de visualizações. Por volta do minuto 1:50, vai reconhecer as imagens.

Mais artigos

  • Câmara Municipal do Porto


    Atualizado pela última vez 2021-01-12