O final do ciclo Trengolas vai acontecer uma semana mais tarde do que inicialmente previsto, com os derradeiros espetáculos marcados para os dias 25 e 26 de setembro.


É uma forma de recuperar o fôlego antes do final da festa: o encerramento da série de atuações de arte circense foi adiado uma semana, com a programação prevista para a próxima sexta-feira e sábado, dias 18 e 19 de setembro, a ser anulada. Em alternativa, o ciclo Trengolas fechará com um espetáculo a apresentar nos dias 25 e 26 deste mês, na Praça D. João I.


"Por um Fio", cocriado e interpretado por Daniel Seabra e Margarida Montenÿ, colocará os dois acrobatas numa procura contínua pelo equilíbrio entre os dois corpos, usando uma corda solta com duas pontas a 7 metros de altura.


"Qualquer ação desencadeia uma consequência no estado do outro, e é esta dependência que nos obriga a confiar no outro", escreve a produtora Erva Daninha, acrescentando: "Com este espetáculo, desenhado para espaço público, pretendemos repensar as potencialidades que podem surgir de algo tão simples, humano e volátil. O valor da confiança e a importância da nossa presença no momento presente através desta vertiginosa dança aérea entre dois corpos".


Uma interrogação - bastante atual, em tempos de distanciamento social - serve para resumir o espetáculo: "A que distância é possível estar junto, hoje?"


Apresentado em duas sessões, na Praça de D. João I, "Por um Fio" marcará o final do ciclo Trengolas. A primeira exibição terá lugar no dia 25, sexta-feira, às 21 horas. No sábado, dia 26, o espetáculo está marcado para as 18 horas.


Criado em alternativa ao Festival Trengo, que foi cancelado como consequência da pandemia de Covid-19, o ciclo Trengolas levou as artes circenses a três espaços icónicos da cidade: Praça de D. João I, Parque de S. Roque e Jardins do Palácio de Cristal, integrando a programação da Feira do Livro do Porto.


Consulte mais informações aqui.

Mais artigos

  • Câmara Municipal do Porto


    Atualizado pela última vez 2020-09-16