O cartaz da 9.ª Edição do NOS Primavera Sound 2020 foi anunciado. Tyler, The Creator, Lana Del Rey, Beck, Bad Bunny, Pavement, FKA Twigs, Cigarrettes After Sex e King Krule encabeçam a extensa de lista de bandas e artistas a solo que vão atuar no festival, que está de regresso ao Parque da Cidade do Porto de 11 a 13 de junho.



A programação junta nomes de diferentes gerações e une mais estilos musicais do que nunca. São 63 artistas de mais de 20 nacionalidades que se apresentam no cenário único do Parque da Cidade, cartão de visita para um festival que se distingue pelas iniciativas ambientais, que agradam ao público, esse também bastante heterogéneo.


Aos cabeças de cartaz já enumerados juntam-se nomes intemporais da música como Kim Gordon, Dinosaur Jr ou novas lendas em formação como os renascidos Chromatics, Cigarettes After Sex ou DIIV. E como além do reflexo do presente e de um olhar pelo passado o NOS Primavera Sound é sempre um bom oráculo preditor do futuro, vai ser provável encontrar a próxima banda favorita neste festival seja com o funk de Khruangbin, as guitarras de Rolling Blackouts Coastal Fever ou por entre as opções do novo pop desafiante de Caroline Polachek, Mura Masa, Pabllo Vittar, Weyes Blood ou Maggie Rogers.


Também os novos sons urbanos vão passar pelo Porto representado pelos cabecilhas de cada género, de Tyler, The Creator e Bad Bunny a Earl Sweatshirt, Little Simz, Sampa The Great ou DJ Playero.


A dança não volta a ser esquecida no festival, ou não houvesse uma área dedicada a esse universo de bits, luzes e ritmos celestes. Da britânica DJ Josey Rebelle à sul coreana Park Hye Jin sem esquecer heróis locais como DJ Firmeza, MVRIA e Arrogance vai ser possível dançar todos os dias no NOS Primavera Sound 2020 que, claro, nunca se esquece da prata da casa e este ano deixa a representação nacional a cargo de nomes como Montanhas Azuis, Throes + The Shine, Holy Nothing e ainda os novos fenómenos Chico da Tina e David Bruno.


No ano em que a cobiçada marca Primavera Sound celebra 20 anos em Barcelona e chega pela primeira vez a Los Angeles, a edição do Porto continua a atrair públicos das mais diversas nacionalidades, inclusive festivaleiros da Nova Zelândia, como já aconteceu.


O Município do Porto, como é habitual, tem trabalhado com a organização do evento, para que, em cada edição, sejam aplicadas medidas inovadoras que mitiguem a pegada do festival. "Tudo aquilo que fazemos é articulado com quem trabalha no Parque da Cidade o ano todo", refere José Barreiro, diretor-executivo do NOS Primavera Sound.


Os passes para o NOS Primavera Sound 2020 podem ser adquiridos em DICE, bol.pt e locais habituais (FNAC, CTT, El Corte Inglés).



Mais artigos

  • Câmara Municipal do Porto


    Atualizado pela última vez 2020-02-05