Há "street food" nova e para todos os gostos pela cidade

​A comida de rua chegou a diferentes lugares da cidade, apresentando propostas que servem todos os gostos.

Realizado o concurso para atribuição de licenças temporárias para venda de "street food", são 21 os projetos de comidas e bebidas selecionados que se instalam em espaços fixos ou itinerantes, ao longo de 15 meses (até 31 de outubro de 2018). Criatividade dos dispositivos móveis, originalidade das embalagens e qualidade e inovação do produto servido, a preços acessíveis, foram os critérios de escolha.

A oferta é diversificada e abre o apetite. Para quem aprecia salgados, há por exemplo sanduíches de carne ou vegetarianas, queijo da serra, enchidos e outros produtos regionais ou mesmo pizza. Se o gosto tender para o doce, pode contar-se com gelados artesanais, waffles belgas. Há maridagens tentadoras, como um pastel de nata com Vinho do Porto, uma cerveja artesanal com bolinhos de bacalhau, um crepe com limonada. Os produtos da Madeira ou de Aveiro também vêm ao Porto e, nesta "ementa" urbana, há quem sirva bebidas e comidas feitas à base de limão.

Seja o que se servir, é o conceito "ready-to-eat" que prevalece, através de propostas que promovem novas experiências de sabores e aromas em "bancas" visualmente apelativas.

Os lugares foram atribuídos por sorteio aos projetos escolhidos. Para provar, há que saber por onde anda esta comida de rua: Avenida D. Carlos I, Avenida do Parque,  Praça Gonçalves Zarco, Rua das Sobreiras, Praça Mouzinho de Albuquerque, Jardim do Passeio Alegre e Rua Dr. Ferreira da Silva são os locais onde a "street food" tem espaços fixos. Os espaços itinerantes distribuem-se pelo Campo Mártires da Pátria, Avenida de D. Afonso Henriques, Rua Saraiva de Carvalho, Praça da Batalha e Praça da República.


Fonte: Porto.pt

Subscrever as atualizações de novas notícias

​Caso pretenda manter-se atualizado acerca de novas “Notícias do Portal de Turismo” subscreva os nossos Feeds RSS:

Os Feeds RSS são enviados em intervalos (após publicação) e aparecem num leitor de RSS, no qual já poderá estar a gerir subscrições de outros tipos de informação, tais como notícias, eventos, etc…

Existem vários leitores, aqui ficam algumas sugestões:

Data notícia 13-07-2017