A WOMEX já anunciou o júri da sua edição de 2021, que terá lugar de 27 a 31 de outubro, no Porto. Conhecido como "Sete Samurais", o grupo terá na verdade oito jurados e será responsável pela curadoria dos showcases e das conferências que compõem o programa desta prestigiada feira da indústria musical.


Desde 1999 que o Júri WOMEX adota um formato rotativo, alterando os seus membros todos os anos. Como reflexo da composição do próprio evento, os jurados costumam vir de vários pontos do mundo e este ano confirma-se a regra.

 

As quatro mulheres e quatro homens escolhidos, todos profissionais do universo da música com profunda e variada experiência, representam 10 países. Trabalham como jornalistas, agentes, produtores, DJ, locutores de rádio ou responsáveis de festivais.

 

Responsáveis pela secção de showcases, estarão então o português António Miguel Guimarães (manager e produtor da AMG Music), a holandesa Charlie Crooijmans (jornalista e musicóloga), a canadiana Kerry Clarke (diretora artística do Calgary Folk Music Festival e programadora do Block Heater Festival), o britânico Lewis Robinson (locutor de rádio na WorldwideFM e na Soho Radio) e ainda o estado-unidense Todd Puckhaber (ex-diretor de música e programação de eventos do festival South by Southwest).

 

Na área das conferências da WOMEX, os "samurais" escolhidos foram a mexicana Ana Rodriguez (copresidente do Fórum Internacional de Managers de Música e diretora da Relatable), a franco-libanesa Amani Semaan (cofundadora e diretora da Beirut & Beyond) e ainda o sueco-colombiano Juan Ortiz de Zaldumbide (cofundador da M3 Music e agente de desenvolvimento de negócios da WARM Music).


Podem ver um vídeo da Antena 3 sobre a WOMEX e o concurso aqui.

Mais artigos

  • Ágora - Cultura e Desporto do Porto


    Atualizado pela última vez 2021-04-20