O lançamento do "Shop in Porto" estava programado como um passo natural do Município na promoção do comércio de rua da cidade, mas, no atual contexto, a ativação desta plataforma online reveste-se de uma importância acrescida. Concebido com o objetivo de divulgar o comércio local, tornando-o mais visível, acessível e atrativo aos clientes, o site (shopinporto.porto.pt) agrega mais de 1.200 estabelecimentos e dá acesso direto a promoções diárias. A aplicação móvel (app) está disponível gratuitamente, através da App Store ou do Google Play.


O Shop in Porto pretende facilitar a experiência de compra dos consumidores, dando a conhecer uma vasta rede de comerciantes da cidade do Porto, de acordo com as necessidades do utilizador. Por exemplo, a plataforma permite-lhe pesquisar por loja, por produtos e localização geográfica, ou ainda de acordo com promoções, campanhas e descontos que estejam em vigor.


Sobre esta última funcionalidade, a que corresponde o separador "Hoje no Porto", o utilizador pode consultar quais as ofertas especiais do dia, que podem assumir a forma descontos, "happy hour" ou outras campanhas. Cabe a cada comerciante aderente introduzir a promoção através do Shop in Porto, ficando a mesma imediatamente visível, em tempo real, para os utilizadores do site e da app móvel.


Nesta ferramenta, o utilizador tem também a possibilidade de criar itinerários de lojas com base nas suas preferências, onde pode assinalar as suas lojas favoritas ou aquelas que gostaria de mais tarde visitar. Para isso, é necessário o registo prévio. Como segunda opção na secção "Roteiros", poderá sempre seguir as sugestões de roteiros previamente definidos, com base em testemunhos de personalidades como o designer Luís Onofre.


Um dos aspetos diferenciadores da nova plataforma da cidade é o facto de dar destaque às lojas reconhecidas ao abrigo do programa Porto de Tradição. Ao aceder a estas lojas, agora com presença online renovada, os utilizadores poderão perceber melhor a sua história e conhecer os produtos que vendem.


Recorde-se que desde a semana passada, o pequeno comércio de rua do Porto começou a reabrir portas, adaptando-se às novas condições de funcionamento: álcool gel, máscaras, marcas no chão e avisos nas portas são a regra.


Rui Moreira, que visitou há dias algumas lojas na Baixa da cidade e o Mercado Temporário do Bolhão, viu hoje aprovada a sua proposta para a criação de um Fundo Municipal de apoio ao investimento e ao desenvolvimento económico, dirigido a startups, microempresas e PME's da cidade, e a concessão de benefícios fiscais e isenção do pagamento de taxas municipais a comerciantes e outros agentes económicos, estimadas em 315 mil euros.


Também os negócios do setor da restauração viram facilitada a sua operação com o regime especial para a ocupação do espaço público com esplanadas anunciado ontem pela autarquia.


Explore o Shop in Porto.

Mais artigos

  • Câmara Municipal do Porto


    Atualizado pela última vez 2020-05-12