O Teatro Nacional São João (TNSJ) anunciou a programação para a temporada 2021/2022. Obra de Shakespeare, em produção própria, “Lear” marcará o reencontro com os espectadores, em outubro.


O Teatro Nacional São João anunciou a programação para o período entre setembro e março da temporada 2021/2022. Sob o mote “O Centenário acaba aqui”, o São João propõe-se a recuperar parte do programa que a pandemia adiou, através de um conjunto de iniciativas que encontram agora o seu tempo.


A nova temporada traz nove estreias absolutas, incluindo duas produções próprias, quatro espetáculos internacionais, um deles em estreia nacional, e 14 coproduções. A nova programação traz consigo o anúncio da reabertura de portas do edifício-sede do TNSJ, agendado para outubro. A reabertura do edifício centenário integra um programa de três dias pontuado por um colóquio internacional, uma exposição, a estreia de uma nova produção e o lançamento de três volumes da coleção “Cadernos do Centenário”.


O momento de reabertura de portas do edifício-sede será assinalado com a estreia de “Lear”, em produção própria, em 22 de outubro. Nuno Cardoso, diretor artístico do TNSJ, leva a cena uma das obras mais aclamadas de Shakespeare, escrita no início do século XVII. Apresentada pela primeira vez em 1606, perante a corte do rei Jaime I de Inglaterra, a peça tem sido desde então revisitada pelos mais conceituados teatros internacionais, juntando-se agora ao leque de produções próprias do São João.


O TNSJ está em renovação, num processo cujas principais mudanças se prendem com a melhoria das condições de segurança e de acesso ao edifício, mas a intervenção também permitirá requalificar a mecânica e a arquitetura de cena. Está igualmente compreendida a atualização do parque técnico, para além de um reforço da programação artística, entre outros projetos.


Consulte todas as informações sobre a nova temporada do Teatro Nacional São João no site oficial.

Mais artigos

  • Câmara Municipal do Porto


    Atualizado pela última vez 2021-09-16