Dia 1

Estação de São Bento
Foi edificada no princípio do séc. XX no preciso local onde existiu o Convento de S. Bento de Avé-Maria, com cobertura de vidro e ferro fundido, da autoria do arquitecto Marques da Silva. O átrio está revestido com vinte mil azulejos historiados, do pintor Jorge Colaço, que ilustram a evolução dos transportes e cenas da história e vida portuguesas.
Igreja de Santa Clara
Fechado Temporariamente para obras Edifício de origem gótica, cujo interior foi revestido a talha dourada, na primeira metade do século XVIII. A construção data da primeira metade do séc. XV. Sofreu alterações na época moderna, altura em que foi edificado o belo portal renascentista. Verdadeira jóia do Barroco, impressiona pela sua exuberância decorativa.

Custo

0 €
Café Majestic
Fundado em 1921 é considerado um dos mais belos exemplares de Arte Nova na cidade do Porto, com uma atmosfera de requinte e bem-estar. A sua beleza e o seu significado na cidade do Porto valeram-lhe a classificação de Imóvel de Interesse Público em 1983, e de "património cultural" da cidade, possibilitando um processo de recuperação que permitiu a sua reabertura em 1994, com todo o seu antigo esplendor, convidando a reviver a fascinante Belle Époque. A biografia de J. K. Rowling, escrita por Sean Smith, refere que quando a escritora estava a viver no Porto, passava muito tempo no Majestic a trabalhar no primeiro livro de "Harry Potter”. O Majestic, segundo o testemunho de um cliente, seria também o local preferido de Kubitschek, antigo presidente do Brasil.
Rua de Santa Catarina
A sua planificação ficou a dever-se ao espírito visionário dos Almadas cujas obras de requalificação, na segunda metade do século XVIII, trouxeram à cidade do Porto uma nova luz. A rua foi prolongada até à Alameda da Aguardente, hoje Praça do Marquês de Pombal. Com fachadas imponentes alberga alguns exemplos de Arte Nova. Com uma extensão de cerca de 1500 metros, a Rua de Santa Catarina é a artéria mais comercial da Baixa do Porto, estando parte dela vedada ao trânsito automóvel e reservada apenas a peões.
Capela das Almas
Construída nos princípios do séc. XVIII. Da mesma época data a imagem de Nª Srª das Almas, que se encontra no seu interior. Em 1929, todo o exterior foi revestido de azulejos representando passos da vida de S. Francisco de Assis e de Santa Catarina. Em 1982 foram objecto de recuperação.

Custo

0 €
Mercado Temporário do Bolhão
O Mercado Temporário do Bolhão é um espaço comercial, pensado ao pormenor, para acolher os comerciantes e clientes do Bolhão durante o período de restauro e modernização do centenário mercado da cidade do Porto.<br> Localizado a 2 minutos de distância do Mercado do Bolhão e com mais de 5.000 metros quadrados, o Mercado Temporário tem acesso direto pela rua, em frente à estação de Metro do Bolhão, assim como pelo interior do Centro Comercial La Vie Porto Baixa, com escadas rolantes, elevadores e ligação direta pelo parque de estacionamento.
Chocolataria Equador
A loja apresenta uma decoração retro, tendo reminiscências dos anos 40 e 50, mas pontuada de sinais de modernidade, procurando, com objectos e cenários, dar um contexto à história das personagens que dão vida ao conceito de cada produto. Na montra procura-se surpreender, com a participação de artistas plásticos, contribuindo para que a visita à loja se transforme num ponto de encontro entre os chocolates e a arte. A aposta é, claramente, nos chocolates nacionais, elaborados artesanalmente e envoltos por embalagens com um bonito e atraente design retro-cool.
Torre dos Clérigos
Obra barroca, da autoria de Nicolau Nasoni, construída na primeira metade do século XVIII. A Torre é um dos monumentos mais emblemáticos da cidade do Porto. A vista panorâmica sobre a cidade e o rio Douro, que se alcança do alto da Torre, vale bem o esforço de subir a escadaria com cerca de 240 degraus. Aproveitando os recentes trabalhos de renovação e reconversão de um dos mais prestigiados edifícios da cidade do Porto, apoiados num projeto que cedo resolveu os constrangimentos de acessibilidade do complexo, foi instalado de um posto de perceção multissensorial que simulasse a experiência de subida à Torre do Clérigos, acessível e disponível a todos os visitantes. Presente no edifício dos Clérigos encontra algum do Acervo da Irmandade e a Coleção dos Christus, onde pode fazer uma viagem pelo tempo e pelo espaço, onde a arte e a religião se complementam.

Custo

6 €
Centro Português de Fotografia
O Centro Português de Fotografia é um serviço público de acesso gratuito, com sede no Porto, no Edifício da antiga Cadeia da Relação. Foi criado em 1997 pelo então Ministério da Cultura e é actualmente tutelado pela Direção-Geral do Livro, dos Arquivos e das Bibliotecas (DGLAB). As competências que lhe estão atribuídas visam a promoção e valorização do património fotográfico, que inclui o tratamento arquivístico de espécies e a gestão da Coleção Nacional de Fotografia. O CPF mantém ainda um programa anual de exposições temporárias, um Núcleo Museológico permanente, que compreende uma rara e valiosa colecção de câmaras fotográficas, uma biblioteca especializada, onde também funcionam os serviços de consulta e reprodução de espécies, uma loja, e um serviço gratuito de visitas guiadas ao edifício e às exposições sujeito a marcação prévia. Encerrado: 1 janeiro, Domingo de Páscoa, 1 maio, 25 dezembro
Livraria Lello
Um templo às Letras e às Artes da cidade e do mundo. Desde 1906, a Livraria Lello partilha intacta a beleza da literatura que só os bons livros podem guardar por décadas sucessivas. A livraria preserva também a beleza que a faz ser um ícone arquitetónico e patrimonial da cidade sobejamente reconhecido internacionalmente. Uma das mais antigas livrarias portuguesas, a Livraria Lello é um local emblemático da cidade do Porto, de visita obrigatória a quem por cá passa, tendo sido nomeada como uma das mais belas livrarias do mundo pela imprensa mundial (aclamada pela revista Time, a CNN, a Lonely Planet, The Guardian, entre muitos outros). A mágica escadaria, o emblemático vitral, as estantes a toda a altura e os bancos de madeira revestidos a couro contam muitas histórias dos grandes nomes que por lá passaram. O interior da Livraria Lello mantem-se fiel ao original, sendo um espaço que guarda a memória do passado, mas que soube sempre se adaptar ao presente. A Livraria Lello é um local de Saber e do Livro. Nasceu para ser livraria e assim se manteve, fiel à identidade que criou há mais de 100 anos. O crescente fluxo turístico na cidade não a afastou da sua verdadeira identidade: uma livraria que faz dos turistas leitores, uma embaixadora da cultura e identidade portuguesa. A livraria adaptou-se a uma nova realidade, abraçou o turismo e é hoje uma das casas que mais livros vende enquanto loja de rua. Encerrado: 1 de Jan, Domingo de Páscoa, 1 de Mai, 24 de Jun e 25 de Dez

Custo

5 €
Leitaria da Quinta do Paço
A Leitaria da Quinta do Paço iniciou a sua história em 1920 com a produção de leite e seus derivados, como a manteiga, o queijo e o chantilly. Foi a primeira distribuidora de leite da zona Norte, e também a primeira a distribuir às vendedeiras do Porto leite pasteurizado em garrafas de vidro, numa altura em que a entrega do leite era feita em bilhas á cabeça! Ao longo dos anos ganhou vários prémios pela qualidade dos seus laticínios.A sua pastelaria, de cariz artesanal, com receitas inalteradas desde 1920, é famosa pelos seus Éclaires recheados com chantilly, entre os quais se destaca o Éclair Clássico de chocolate, registado como o Doce do Porto.Na Leitaria da Quinta do Paço toda a produção é diária, sempre fresca e limitada ao stock existente, trabalhando com o lema “ o que é bom acaba depressa!”
Igreja da Ordem Terceira de Nossa Senhora do Carmo
Igreja construída na segunda metade do século XVIII, é um dos edifícios mais notáveis do rococó portuense, tanto na arquitectura como na talha que lhe molda o interior. A sua fachada lateral foi coberta em 1912 com um painel de azulejos, onde estão pintados desenhos da autoria de Silvestre Silvestri. São composições figurativas alusivas ao culto de Nossa Senhora. Edifício classificado como monumento nacional.

Custo

3 €
Jardins do Palácio de Cristal
Os jardins do Palácio de Cristal encontram-se encerrados, de forma a prevenir o surto do Covid-19. Os Jardins Românticos do Palácio de Cristal, ocupam uma área de 8 hectares no centro do Porto e foram projetados no século XIX pelo arquiteto paisagista alemão Émille David, no contexto da construção do próprio edifício do Palácio de Cristal. Atualmente conservam-se ainda do projeto original, o Jardim Émille David na entrada principal, a Avenida das Tílias, o bosque e a conceção das varandas sobre o Douro. Podemos ainda contemplar as magníficas panorâmicas sobre o rio e sobre a cidade, que miradouros em posições estratégicas nos oferecem. De referir que estes jardins tirando partido do património botânico e da dinâmica lúdico-cultural, acolhe um Centro de Educação Ambiental. Flora: Tulipeiro da Virginia (Liriodendron tulipifera), Acer (Acer negundo), Tília (Cordata, Platyphyllos e Tomentosa), Camelia sp., Magnólia (Magnolia grandiflora), Metrosideros, Palmeira (Washingtonia Robusta), Araucaria (Araucaria Heterophylla) Infraestruturas Disponíveis: WC públicos; Cafetaria/Restaurantes; Campos desportivos (Futebol e Basquetebol); Parque Infantil; Biblioteca e Centro de Educação Ambiental (CEA) e Museu Romântico. 1 outubro a 30 março: 08h00-19h00 1 abril a 30 setembro: 08h00-21h00

Dia 2

Igreja Conventual de S. Francisco de Assis
Principal templo em estilo gótico existente na cidade, cuja construção se iniciou no século XIV. É uma das mais importantes obras do Barroco, pelo seu interior em talha dourada, dos séculos XVII e XVIII. Foi a exuberância de dourado que levou o Conde de Raczinsky, a descrevê-la como a «igreja de oiro». E, deslumbrado acrescenta: «A talha desta igreja é de uma riqueza e de uma beleza que ultrapassa tudo quanto vi em Portugal e em todo o mundo». De destacar a Árvore de Jessé, bem como o Cemitério Catacumbal. É Monumento Nacional desde 1910 e Património Cultural da Humanidade - UNESCO desde 1996. Nov-Fev 09h00-18h00 Mar, Abr, Out 09h00-19h00 Mai-Set 09h00-20h00 Encerrado: 25 dez

Custo

7.5 €
Palácio da Bolsa
Monumento Nacional, o Palácio da Bolsa, propriedade e sede da Associação Comercial do Porto, foi projetado por Joaquim da Costa Lima em estilo neoclássico, em 1842. Situado no Centro Histórico da cidade, é um dos monumentos mais visitados, nele se destacando o famoso Salão Árabe. Centro Cultural e de Conferências, o Palácio da Bolsa é um espaço com condições únicas para a realização de eventos, e iniciativas que tenham a excelência por atributo. Ponto integrante da Rota Urbana do Vinho. Acessível a pessoas com mobilidade reduzida por entrada lateral. Abril a Outubro: 9h-18h30 Novembro a Março: 9h-12h30 / 14h-17h30 Encerrado: 19 de fevereiro a 1 de março / 24 e 25 de dezembro / 1 de janeiro

Custo

11 €
Ponte Luiz I
Projectada pelo Eng.º Teófilo Seyrig, discípulo de Eiffel, inaugurada em 1886, é constituída por dois tabuleiros em ferro sobrepostos. Tem 395 metros de comprimento e 8 de largura, sendo o seu arco ainda hoje considerado o maior arco do mundo em ferro forjado. Actualmente o tabuleiro superior é ocupado por uma das linhas do Metro do Grande Porto, ligando a zona da Catedral no Porto, ao Jardim do Morro e à Avenida da Républica em Vila Nova de Gaia.

Custo

0 €
Caves Taylor's
Perfazendo já quatro séculos de existência, a Taylor’s disponibiliza uma educativa visita áudio-tour que levará o visitante a uma vívida excursão das caves incluindo uma série de filmes, material documental, exposições, fotografias e pinturas. O visitante terá, desta forma, a oportunidade de viajar até ao passado e aprender mais sobre: a história do vinho do Porto, a atual produção vitivinícola, a região duriense e a história da casa Taylor’s, inclusivamente tomando conhecimento sobre o seu percurso até aos nossos dias e sobre os seus preciosos vinhos do Porto de excecional qualidade. Para além dos dois vinhos incluídos na visita, poderá fazer uma série de provas de vinho do Porto incluindo uma seleção de vinhos do Porto Tawny de idade ou provar o clássico e reputado vinho do Porto Vintage Taylor’s. Estão ainda disponíveis várias outras experiências assim como a possibilidade de desfrutar de uma excelente refeição no restaurante "Barão de Fladgate".

Custo

15 €
Museu de Arte Contemporânea de Serralves
O Museu de Serralves é o mais importante museu de arte contemporânea em Portugal, projetado pelo arquiteto Siza Vieira e situado nos espaços únicos da Fundação de Serralves, que incluem um Parque e uma moradia. Através da sua Coleção, de exposições temporárias, programas educativos, sessões públicas, espetáculos de música, dança e performance, da sua atividade editorial e de parcerias, a nível nacional e internacional, o Museu promove a fruição e a compreensão da arte e da cultura contemporâneas. A apresentação a públicos diversificados da obra dos mais conceituados artistas dos nossos dias, o reforço dos laços com a comunidade local e a promoção da reflexão em torno das relações entre a arte e o ambiente, intrínsecas ao contexto de Serralves, são atividades nucleares inerentes à missão do Museu. Abril a Setembro: Segunda a Sexta: 10h00-19h00 Sábado, Domingo e Feriados: 10h00-20h00 Outubro a Março: Segunda a Sexta: 10h00-18h00 Sábado, Domingo e Feriados: 10h00-19h00

Custo

12 €
Parque de Serralves
O Parque de Serralves, da primeira metade do século XX, foi o primeiro jardim privado nacional construído com base num projecto de arquitectura paisagística. Concluído em 1940,o jardim adequa-se ao perfil neoclássico da arte dos jardins franceses, ligeiramente modernizado, afastando-se do conceito tradicional de jardins vigente no Porto. Quer pelas características históricas e artísticas, quer pela dimensão (18 hectares), diversidade paisagística e estado de conservação, o Parque de Serralves é um lugar único no panorama nacional e internacional. Inclui paisagens muito diversificadas, desde os declinados socalcos aos frondosos bosques, da geometria labiríntica de uns jardins aos terrenos agrícolas, do roseiral ao lago romântico. Composto por vestígios de um jardim do século XIX, pela Quinta do Mata-Sete, pela Casa de Serralves e pelo Museu de Arte Contemporânea de Serralves, cujos jardins foram concebidos de modo a fundirem-se harmoniosamente com a paisagem envolvente e a estrutura edificada. Edifício classificado como monumento de interesse público.
Confeitaria Arcádia - Casa do Chocolate
Situada em plena Avenida da Boavista, esta Arcádia Casa do Chocolate é um conceito que alia a ampla tradição de serviço de cafetaria e salão de chá às necessidades mais contemporâneas. Com um amplo espaço de quase 250 m2, pode optar pelo intimismo e requinte do interior ou sentar-se confortavelmente na esplanada e usufruir da atmosfera e burburinho da cidade. Num ambiente que prima pelo bom gosto, a Arcádia proporciona-lhe momentos sublimes, tendo também à sua disposição toda a sua vasta gama de chocolate, uma verdadeira tentação para os sentidos.
Casa da Música
As visitas à Casa da Música encontram-se suspensas por tempo indeterminado. Edifício projetado pelo arquiteto holandês Rem Koolhaas, a Casa da Música foi inaugurada em 2005 e desde então tornou-se um ícone da arquitetura contemporânea, atraindo visitantes dos mais variados pontos do mundo. A programação, dinâmica e inovadora, num espectro que vai da música clássica às tendências urbanas de vanguarda, beneficia em larga escala dos quatro agrupamentos residentes: Orquestra Sinfónica, Remix Ensemble, Orquestra Barroca e Coro. A instituição desempenha também um papel importante na vertente educativa, promovendo concertos, workshops e atividades diversas para famílias com crianças e público escolar. Diariamente há visitas guiadas ao edifício, que dispõe de vários bares de apoio e de um restaurante localizado na cobertura, com uma magnífica vista sobre a cidade.
  • 59.5 €
  • VisitPorto.


    Atualizado pela última vez 2020-01-07

Mapa

Planeie a sua viagem

Chegada

Dotada de uma rede de acessibilidades em franca expansão é possível chegar facilmente à cidade de avião, autocarro, automóvel, barco, comboio ou metro.

História

O Porto é um dos destinos turísticos mais antigos da Europa e a riqueza do seu património artístico, o Vinho do Porto, os vastos espaços dedicados ao lazer e a sua vida cultural são apenas alguns dos motivos que convidam a visitar a cidade.

Informação Prática

Aqui encontra alguns dados essenciais sobre o Porto, bem como a referência a vários serviços públicos e privados disponíveis.

Deslocar-se

É fácil deslocar-se nos limites da cidade com recurso aos transportes públicos ou em viatura própria ou alugada.

Tudo o que precisa de saber