Noite de São João como um Portuense

A noite mais longa do ano aproxima-se e a cidade já está em clima de festa. As ruas enfeitadas por bandeirinhas multicolor, manjericos por todo o lado, as cascatas de São João à espreita em cada esquina.

Não se esqueça do martelinho, do balão de São João e do alho-porro!


Os Portuenses já se preparam para a tão ansiada noite, aquela que traz uma alegria imensa, quando as tristezas dão lugar aos sorrisos e todos os problemas se desvanecem.


Festejar o São João no Porto é ir para a rua, porque a festa é das pessoas e da calçada e dos martelos e do alho-porro e dos balões e dos bailaricos e da vontade de ver o dia amanhecer. Não esqueça, São João no Porto é fazer quilómetros intermináveis portanto, descanse bem para que possa viver este arraial único até de manhã.


Para que não deixe de sentir a Noite de São João com a verdadeira alma de um tripeiro, deixamos-lhe aqui umas quantas dicas para que passe uma noite inesquecível.


Os festejos não podem começar sem estar equipado com um martelinho, um balão de São João e um tão “maldito” alho-porro. 

 

Para comprar os primeiros, pode dirigir-se a qualquer um dos Postos de Turismo Oficiais – temos muitos e de várias cores! No entanto, se acabar por se esquecer, poderá encontrar qualquer um destes elementos a cada dez metros. O que não falta nas ruas são bancas a venderem martelos, manjericos e alhos-porros, estando mais concentradas na Praça da República, nos Aliados, na Batalha, em São Bento e na Ribeira.


24h de festa - o seu roteiro

É preciso carregar a sua bateria no máximo para ter forças para esta festa. As sardinhas assadas com broa e pimentos fazem as honras da casa, mas também poderá encontrar fêveras como opção, tudo muito bem regado com vinho português – Douro ou Verde serão a melhor opção.


Se preferir, também pode optar comer em locais como os Caldeireiros ou as Fontaínhas, onde vai reparar que todos os restaurantes terão um grelhador na rua prontos a dar-lhe a provar a ementa típica deste dia.


Já de “papo cheio” aventure-se pelas ruelas em busca de um lugar ideal para ver o fogo-de-artifício, lançado todos os anos a partir de barcos ancorados no Rio Douro. Na  ou na Praça da Ribeira e também do lado de Gaia, qualquer um destes locais será uma boa escolha. Vá cedo e a pé para escolher um lugar privilegiado. O fogo começa à meia-noite em ponto!

 

Enquanto espera e NÃO desespera, aproveite para viver o espírito desta festa ao máximo e, já depois da noite cair, lançar o seu balão de São João. Se tiver pouca experiência, peça a quem passa para ajudar, há sempre um par de mãos disponível para pôr o seu balão a voar bem alto, iluminando a noite da cidade. Verá muitos vendedores destes balões de papel pela rua, por exemplo nas mesmas bancas onde poderá comprar manjericos, martelos e alhos-porros.


Se tiver força nas pernas, não perca o concerto de João Gil, Ala dos Namorados, Ana Bacalhau, Carlão, João Pedro Pais e Tim na Avenida dos Aliados, às 00:30, e permita-se a um desvio até à zona “in” da noite portuense. Ceuta e Galerias Paris estão sempre animadas e este dia não é excepção.


A partir daqui, a dança toma conta da cidade! Os bailaricos de sempre continuam a atrair os portuenses. O Guindais Futebol Clube ou Guindalense é ponto obrigatório, tendo uma das melhores vistas de toda a festa. Deixe a música tomar conta de si e prove o vinho. 


Quando achar que está na hora de mudar de bailarico, siga para o Funicular dos Guindais – aproveite o desconto de 25% na viagem, com o Porto Card – e desça até à Ribeira. Caminhe pela marginal até à Alfândega e aí, junto dos arcos de Miragaia, vai encontrar um outro baile bem típico da noite de São João. Novamente a regra é dançar sem limites, mas não se esqueça de recarregar energias entretanto. Vai precisar de comer para aguentar até de manhã. Propomos para esta hora um belo caldo verde e talvez uma fêvera no pão.


Reza a tradição que este é o espírito: passear de baile em baile – ainda tem o de Nevogilde - até à Foz, onde verá o sol nascer! Caminhe até uma das praias e aí, sim, descanse enquanto vê o espetáculo que o Sol nos dá todas as manhãs. Sugerimos que tome o pequeno-almoço por ali perto...

 

Só depois o regresso a casa é permitido! Já de dia, chegando a casa, antes de adormecer, ponha o despertador! A festa só acaba no dia 24 de junho e ainda pode assistir à Regata dos Barcos Rabelo​s​.

 

Esta será uma noite que ficará na sua história.

Daqueles momentos que guardamos para contar aos nossos descendentes esperando que eles vivam, um dia, um São João tão feliz como o nosso. Não se dê à tristeza. Leve consigo o sorriso desta noite durante os próximos 365 dias.


No próximo ano cá estaremos, como sempre, à sua espera!


  • Visit Porto


    Atualizado pela última vez 2020-01-07

Planeie a sua viagem

Chegada

Dotada de uma rede de acessibilidades em franca expansão é possível chegar facilmente à cidade de avião, autocarro, automóvel, barco, comboio ou metro.

História

O Porto é um dos destinos turísticos mais antigos da Europa e a riqueza do seu património artístico, o Vinho do Porto, os vastos espaços dedicados ao lazer e a sua vida cultural são apenas alguns dos motivos que convidam a visitar a cidade.

Informação Prática

Aqui encontra alguns dados essenciais sobre o Porto, bem como a referência a vários serviços públicos e privados disponíveis.

Deslocar-se

É fácil deslocar-se nos limites da cidade com recurso aos transportes públicos ou em viatura própria ou alugada.

Tudo o que precisa de saber