“Light of Seduction”, do artista belga Milan Swolfs, é uma homenagem ao sexo feminino e ao seu universo mais privado.


O artista belga Milan Swolfs, mais conhecido pelos seus retratos “fine-art”, nos estilos burlesco e vintage, apresenta na Leica Gallery Porto “Light of Seduction”, uma exposição fotográfica que é, na sua perceção, uma homenagem ao sexo feminino. Com um estilo “hollywoodiano”, que remete para os anos 20 e 30 do século passado, retrata as mulheres, nas suas composições, de uma forma “ousada e sexy, mas sempre de maneira delicada e glamourosa”. 


“Este trabalho é a minha homenagem à mulher, transportando-nos de volta aos tempos esquecidos ou aos estrondosos anos 20, o glamour antigo de Hollywood com uma mistura de pin-ups dos anos 50. Pense em vestidos Flapper, batom vermelho, espartilhos, champanhe e cabaré!”, diz em comunicado, acrescentando que brincando com a luz “provoca o visitante com cenas de sedução”. “Como espectador, sentimo-nos como um ‘voyeur’ preso no meio de algo, ou o que acontecerá a seguir? Ela vai-se despir ou sair do quarto?”, questiona.


Inspirado no cinema antigo e nas técnicas de iluminação usadas pelos mestres holandeses, como Rembrandt e Vermeer, Swolfs recria imagens sonhadoras e cenários românticos, que vão dos clubes de jazz envoltos em nuvens de fumo de tabaco, aos bastidores de teatro burlesco, passando por salas de hotel ou casas de banho requintadas. Sempre com um tom de “filme noir” à mistura. 


“Eu nunca me canso de capturar mulheres, porque há tantas personagens diferentes, tantos rostos diferentes, cada mulher é diferente e única à sua maneira. Eu procuro sempre um rosto atemporal com um toque vintage”, remata. A exposição é de entrada livre e poderá ser visitada até finais de Agosto.


Escrito por Mariana Morais Pinheiro

Mais artigos

  • Time Out Porto


    Atualizado pela última vez 2022-05-24