1 Junho 2020 a 7 Junho 2020

YOKO ONO | O JARDIM DA APRENDIZAGEM DA LIBERDADE

30/05/2020

Yoko Ono: O jardim da aprendizagem da liberdade é uma vasta exposição dedicada ao trabalho da icónica artista Yoko Ono, que reúne objetos, obras em papel, instalações, performances, gravações em áudio e filmes, além de materiais de arquivo raramente vistos. A mostra apresenta um abrangente panorama da multifacetada produção desta artista pioneira da arte conceptual e da performance que durante os primeiros anos de sua extensa carreira viveu entre Nova Iorque, Tóquio e Londres, tendo tido um papel precursor no desenvolvimento do conceptualismo, da arte performativa e do filme experimental a nível internacional. Ideias, mais do que materiais, são a principal componente do seu trabalho. Muitas dessas ideias são poéticas, absurdas e utópicas, enquanto outras são específicas e práticas. Algumas são transformadas em objetos, enquanto outras permanecem imateriais. Frequentemente, a obra reflete o sentido de humor da artista, bem como sua postura marcadamente sociocrítica. O ponto de partida para muitos dos trabalhos de Yoko Ono encontra-se nas suas Instructions [Instruções]: diretrizes orais ou escritas para os espectadores, que oferecem um conjunto de sugestões e atribuem ao público um papel muito mais ativo do que é geralmente esperado no mundo da arte.


YOKO ONO | O JARDIM DA APRENDIZAGEM DA LIBERDADE

30/05/2020

Yoko Ono: O jardim da aprendizagem da liberdade é uma vasta exposição dedicada ao trabalho da icónica artista Yoko Ono, que reúne objetos, obras em papel, instalações, performances, gravações em áudio e filmes, além de materiais de arquivo raramente vistos. A mostra apresenta um abrangente panorama da multifacetada produção desta artista pioneira da arte conceptual e da performance que durante os primeiros anos de sua extensa carreira viveu entre Nova Iorque, Tóquio e Londres, tendo tido um papel precursor no desenvolvimento do conceptualismo, da arte performativa e do filme experimental a nível internacional. Ideias, mais do que materiais, são a principal componente do seu trabalho. Muitas dessas ideias são poéticas, absurdas e utópicas, enquanto outras são específicas e práticas. Algumas são transformadas em objetos, enquanto outras permanecem imateriais. Frequentemente, a obra reflete o sentido de humor da artista, bem como sua postura marcadamente sociocrítica. O ponto de partida para muitos dos trabalhos de Yoko Ono encontra-se nas suas Instructions [Instruções]: diretrizes orais ou escritas para os espectadores, que oferecem um conjunto de sugestões e atribuem ao público um papel muito mais ativo do que é geralmente esperado no mundo da arte.


YOKO ONO | O JARDIM DA APRENDIZAGEM DA LIBERDADE

30/05/2020

Yoko Ono: O jardim da aprendizagem da liberdade é uma vasta exposição dedicada ao trabalho da icónica artista Yoko Ono, que reúne objetos, obras em papel, instalações, performances, gravações em áudio e filmes, além de materiais de arquivo raramente vistos. A mostra apresenta um abrangente panorama da multifacetada produção desta artista pioneira da arte conceptual e da performance que durante os primeiros anos de sua extensa carreira viveu entre Nova Iorque, Tóquio e Londres, tendo tido um papel precursor no desenvolvimento do conceptualismo, da arte performativa e do filme experimental a nível internacional. Ideias, mais do que materiais, são a principal componente do seu trabalho. Muitas dessas ideias são poéticas, absurdas e utópicas, enquanto outras são específicas e práticas. Algumas são transformadas em objetos, enquanto outras permanecem imateriais. Frequentemente, a obra reflete o sentido de humor da artista, bem como sua postura marcadamente sociocrítica. O ponto de partida para muitos dos trabalhos de Yoko Ono encontra-se nas suas Instructions [Instruções]: diretrizes orais ou escritas para os espectadores, que oferecem um conjunto de sugestões e atribuem ao público um papel muito mais ativo do que é geralmente esperado no mundo da arte.

Boca de cena

03/06/2020

Os cinco sentidos servidos à mesa para assinalar o vigésimo aniversário do Teatro de Marionetas do Porto, percurso iniciado com a histórica apresentação de Entre a Vida e a Morte/Capuchinho Vermelho XXX (1988) na cidade francesa de Charleville-Mézières, capital mundial da marioneta. Em Boca de Cena: Teatro-Jantar, o teatro “com” marionetas descobre afinidades insuspeitas com a gastronomia, Artaud confraterniza com Pantagruel, o palco converte-se num muito performativo menu de degustação, os atores/garçons convivem de perto, muito perto, com os espectadores/comensais e a música electrónica contemporânea harmoniza-se com Lieder de Schubert. Tudo isto poderia resultar num brinde à saúde das Marionetas do Porto, numa festiva revisão da matéria dada, mas João Paulo Seara Cardoso torce o pescoço à efeméride e arrisca uma originalíssima montagem de acontecimentos imprevistos, radicalizando as marcas distintivas de um projeto que se foi reinventando na fronteira de muitas linguagens artísticas e onde “poesia” rima quase sempre com “anarquia”. Cozinha e teatro de fusão para celebrar o passado com todos os sentidos postos no futuro. Como quem afirma que o melhor ainda está por vir. Cheers!


YOKO ONO | O JARDIM DA APRENDIZAGEM DA LIBERDADE

30/05/2020

Yoko Ono: O jardim da aprendizagem da liberdade é uma vasta exposição dedicada ao trabalho da icónica artista Yoko Ono, que reúne objetos, obras em papel, instalações, performances, gravações em áudio e filmes, além de materiais de arquivo raramente vistos. A mostra apresenta um abrangente panorama da multifacetada produção desta artista pioneira da arte conceptual e da performance que durante os primeiros anos de sua extensa carreira viveu entre Nova Iorque, Tóquio e Londres, tendo tido um papel precursor no desenvolvimento do conceptualismo, da arte performativa e do filme experimental a nível internacional. Ideias, mais do que materiais, são a principal componente do seu trabalho. Muitas dessas ideias são poéticas, absurdas e utópicas, enquanto outras são específicas e práticas. Algumas são transformadas em objetos, enquanto outras permanecem imateriais. Frequentemente, a obra reflete o sentido de humor da artista, bem como sua postura marcadamente sociocrítica. O ponto de partida para muitos dos trabalhos de Yoko Ono encontra-se nas suas Instructions [Instruções]: diretrizes orais ou escritas para os espectadores, que oferecem um conjunto de sugestões e atribuem ao público um papel muito mais ativo do que é geralmente esperado no mundo da arte.

Boca de cena

03/06/2020

Os cinco sentidos servidos à mesa para assinalar o vigésimo aniversário do Teatro de Marionetas do Porto, percurso iniciado com a histórica apresentação de Entre a Vida e a Morte/Capuchinho Vermelho XXX (1988) na cidade francesa de Charleville-Mézières, capital mundial da marioneta. Em Boca de Cena: Teatro-Jantar, o teatro “com” marionetas descobre afinidades insuspeitas com a gastronomia, Artaud confraterniza com Pantagruel, o palco converte-se num muito performativo menu de degustação, os atores/garçons convivem de perto, muito perto, com os espectadores/comensais e a música electrónica contemporânea harmoniza-se com Lieder de Schubert. Tudo isto poderia resultar num brinde à saúde das Marionetas do Porto, numa festiva revisão da matéria dada, mas João Paulo Seara Cardoso torce o pescoço à efeméride e arrisca uma originalíssima montagem de acontecimentos imprevistos, radicalizando as marcas distintivas de um projeto que se foi reinventando na fronteira de muitas linguagens artísticas e onde “poesia” rima quase sempre com “anarquia”. Cozinha e teatro de fusão para celebrar o passado com todos os sentidos postos no futuro. Como quem afirma que o melhor ainda está por vir. Cheers!

Mercadinho da Ribeira

Até 31/12/2020

Destina-se à venda de atoalhados bem como outros produtos de promoção turística.

ECHO Casa da Música

04/06/2020

Em tempos de isolamento social redobra-se a importância da música, que, porventura como nenhuma outra arte, nos permite viajar sem sair do sítio. Consciente disso, a European Concert Hall Organisation (ECHO) disponibiliza, todos os dias, a partir do dia 23 de Março, pelas 19:00, um concerto gravado numa das salas que a integram – as melhores da Europa. Membro da ECHO, a Casa da Música transmite, através do seu site, este luxuoso programa, com agrupamentos, maestros, solistas e obras de prestígio mundial, para que, mesmo sem sair de casa, possa aceder a alguns dos lugares mais belos que o talento e a criatividade humana lograram conceber ao longo da História.


YOKO ONO | O JARDIM DA APRENDIZAGEM DA LIBERDADE

30/05/2020

Yoko Ono: O jardim da aprendizagem da liberdade é uma vasta exposição dedicada ao trabalho da icónica artista Yoko Ono, que reúne objetos, obras em papel, instalações, performances, gravações em áudio e filmes, além de materiais de arquivo raramente vistos. A mostra apresenta um abrangente panorama da multifacetada produção desta artista pioneira da arte conceptual e da performance que durante os primeiros anos de sua extensa carreira viveu entre Nova Iorque, Tóquio e Londres, tendo tido um papel precursor no desenvolvimento do conceptualismo, da arte performativa e do filme experimental a nível internacional. Ideias, mais do que materiais, são a principal componente do seu trabalho. Muitas dessas ideias são poéticas, absurdas e utópicas, enquanto outras são específicas e práticas. Algumas são transformadas em objetos, enquanto outras permanecem imateriais. Frequentemente, a obra reflete o sentido de humor da artista, bem como sua postura marcadamente sociocrítica. O ponto de partida para muitos dos trabalhos de Yoko Ono encontra-se nas suas Instructions [Instruções]: diretrizes orais ou escritas para os espectadores, que oferecem um conjunto de sugestões e atribuem ao público um papel muito mais ativo do que é geralmente esperado no mundo da arte.

Boca de cena

03/06/2020

Os cinco sentidos servidos à mesa para assinalar o vigésimo aniversário do Teatro de Marionetas do Porto, percurso iniciado com a histórica apresentação de Entre a Vida e a Morte/Capuchinho Vermelho XXX (1988) na cidade francesa de Charleville-Mézières, capital mundial da marioneta. Em Boca de Cena: Teatro-Jantar, o teatro “com” marionetas descobre afinidades insuspeitas com a gastronomia, Artaud confraterniza com Pantagruel, o palco converte-se num muito performativo menu de degustação, os atores/garçons convivem de perto, muito perto, com os espectadores/comensais e a música electrónica contemporânea harmoniza-se com Lieder de Schubert. Tudo isto poderia resultar num brinde à saúde das Marionetas do Porto, numa festiva revisão da matéria dada, mas João Paulo Seara Cardoso torce o pescoço à efeméride e arrisca uma originalíssima montagem de acontecimentos imprevistos, radicalizando as marcas distintivas de um projeto que se foi reinventando na fronteira de muitas linguagens artísticas e onde “poesia” rima quase sempre com “anarquia”. Cozinha e teatro de fusão para celebrar o passado com todos os sentidos postos no futuro. Como quem afirma que o melhor ainda está por vir. Cheers!

Mercadinho da Ribeira

Até 31/12/2020

Destina-se à venda de atoalhados bem como outros produtos de promoção turística.

Porto Food Week

Até 13/06/2020

Vem aí mais uma semana intensa de experiências gastronómicas ricas e inéditas! Rotas, jantares, conversas e eventos, é o que vai acontecer de 5 a 13 de junho na cidade do Porto, uma homenagem à gastronomia local. Gastronomia essa que se vai unir à música, à arte e a tantas outras áreas. Tem apetite para isto tudo?


YOKO ONO | O JARDIM DA APRENDIZAGEM DA LIBERDADE

30/05/2020

Yoko Ono: O jardim da aprendizagem da liberdade é uma vasta exposição dedicada ao trabalho da icónica artista Yoko Ono, que reúne objetos, obras em papel, instalações, performances, gravações em áudio e filmes, além de materiais de arquivo raramente vistos. A mostra apresenta um abrangente panorama da multifacetada produção desta artista pioneira da arte conceptual e da performance que durante os primeiros anos de sua extensa carreira viveu entre Nova Iorque, Tóquio e Londres, tendo tido um papel precursor no desenvolvimento do conceptualismo, da arte performativa e do filme experimental a nível internacional. Ideias, mais do que materiais, são a principal componente do seu trabalho. Muitas dessas ideias são poéticas, absurdas e utópicas, enquanto outras são específicas e práticas. Algumas são transformadas em objetos, enquanto outras permanecem imateriais. Frequentemente, a obra reflete o sentido de humor da artista, bem como sua postura marcadamente sociocrítica. O ponto de partida para muitos dos trabalhos de Yoko Ono encontra-se nas suas Instructions [Instruções]: diretrizes orais ou escritas para os espectadores, que oferecem um conjunto de sugestões e atribuem ao público um papel muito mais ativo do que é geralmente esperado no mundo da arte.

Boca de cena

03/06/2020

Os cinco sentidos servidos à mesa para assinalar o vigésimo aniversário do Teatro de Marionetas do Porto, percurso iniciado com a histórica apresentação de Entre a Vida e a Morte/Capuchinho Vermelho XXX (1988) na cidade francesa de Charleville-Mézières, capital mundial da marioneta. Em Boca de Cena: Teatro-Jantar, o teatro “com” marionetas descobre afinidades insuspeitas com a gastronomia, Artaud confraterniza com Pantagruel, o palco converte-se num muito performativo menu de degustação, os atores/garçons convivem de perto, muito perto, com os espectadores/comensais e a música electrónica contemporânea harmoniza-se com Lieder de Schubert. Tudo isto poderia resultar num brinde à saúde das Marionetas do Porto, numa festiva revisão da matéria dada, mas João Paulo Seara Cardoso torce o pescoço à efeméride e arrisca uma originalíssima montagem de acontecimentos imprevistos, radicalizando as marcas distintivas de um projeto que se foi reinventando na fronteira de muitas linguagens artísticas e onde “poesia” rima quase sempre com “anarquia”. Cozinha e teatro de fusão para celebrar o passado com todos os sentidos postos no futuro. Como quem afirma que o melhor ainda está por vir. Cheers!

Feira de Vandoma

Até 27/12/2020

Uma das feiras mais emblemáticas da cidade, destina-se exclusivamente à venda de objetos usados, designadamente roupas, louças, mobiliário e artigos decorativos, discos, livros, aparelhos elétricos e/ou eletrónicos, utensílios domésticos e de trabalho (ferramentas). Localização: Avenida 25 de abril

Dias com Energia

Até 31/10/2020

Aulas gratuitas de pilates, ioga e tai chi continuam aos sábados, agora no Pavilhão Fontes Pereira de Melo. O programa municipal Dias com Energia torna-se mais inclusivo e estende-se a três novos locais além do Pavilhão Municipal Fontes Pereira de Melo, com aulas gratuitas todas as semanas. O Centro Social da Pasteleira (Rua da Gazeta Literária, 39-89), o Espaço TODOS (Rua de Manuel Pinheiro da Rocha) e no ginásio do Pavilhão do Lagarteiro (Avenida de Francisco Esteves) passam a receber duas aulas a cada sábado, todos os meses, de acordo com o seguinte calendário: 1.º, 4.º e 5.º sábados: 09h30: Pilates 11h00: Ioga 2.º sábado: 09h30: Tai chi 11h00: Pilates 3.º sábado 09h30: Ioga 11h00: Tai chi A partir de maio e até outubro, o programa passa a realizar-se no exterior, mantendo a mesma periodicidade. Assim, as aulas do Centro Social da Pasteleira mudam-se para o Parque da Pasteleira, enquanto as do Espaço TODOS e as dos Pavilhão do Lagarteiro se transferem para o Parque Oriental da Cidade. A participação nas aulas do programa Dias com Energia é gratuita e não implica qualquer inscrição. Basta comparecer no local, à hora anunciada. Aconselha-se apenas o uso de roupa desportiva e de um tapete/esteira individual.


YOKO ONO | O JARDIM DA APRENDIZAGEM DA LIBERDADE

30/05/2020

Yoko Ono: O jardim da aprendizagem da liberdade é uma vasta exposição dedicada ao trabalho da icónica artista Yoko Ono, que reúne objetos, obras em papel, instalações, performances, gravações em áudio e filmes, além de materiais de arquivo raramente vistos. A mostra apresenta um abrangente panorama da multifacetada produção desta artista pioneira da arte conceptual e da performance que durante os primeiros anos de sua extensa carreira viveu entre Nova Iorque, Tóquio e Londres, tendo tido um papel precursor no desenvolvimento do conceptualismo, da arte performativa e do filme experimental a nível internacional. Ideias, mais do que materiais, são a principal componente do seu trabalho. Muitas dessas ideias são poéticas, absurdas e utópicas, enquanto outras são específicas e práticas. Algumas são transformadas em objetos, enquanto outras permanecem imateriais. Frequentemente, a obra reflete o sentido de humor da artista, bem como sua postura marcadamente sociocrítica. O ponto de partida para muitos dos trabalhos de Yoko Ono encontra-se nas suas Instructions [Instruções]: diretrizes orais ou escritas para os espectadores, que oferecem um conjunto de sugestões e atribuem ao público um papel muito mais ativo do que é geralmente esperado no mundo da arte.

Boca de cena

03/06/2020

Os cinco sentidos servidos à mesa para assinalar o vigésimo aniversário do Teatro de Marionetas do Porto, percurso iniciado com a histórica apresentação de Entre a Vida e a Morte/Capuchinho Vermelho XXX (1988) na cidade francesa de Charleville-Mézières, capital mundial da marioneta. Em Boca de Cena: Teatro-Jantar, o teatro “com” marionetas descobre afinidades insuspeitas com a gastronomia, Artaud confraterniza com Pantagruel, o palco converte-se num muito performativo menu de degustação, os atores/garçons convivem de perto, muito perto, com os espectadores/comensais e a música electrónica contemporânea harmoniza-se com Lieder de Schubert. Tudo isto poderia resultar num brinde à saúde das Marionetas do Porto, numa festiva revisão da matéria dada, mas João Paulo Seara Cardoso torce o pescoço à efeméride e arrisca uma originalíssima montagem de acontecimentos imprevistos, radicalizando as marcas distintivas de um projeto que se foi reinventando na fronteira de muitas linguagens artísticas e onde “poesia” rima quase sempre com “anarquia”. Cozinha e teatro de fusão para celebrar o passado com todos os sentidos postos no futuro. Como quem afirma que o melhor ainda está por vir. Cheers!

Feira dos Passarinhos

Até 28/12/2020

Venda de aves e outros animais, enquanto animais de companhia, assim como gaiolas, comedouros, bebedouros, poleiros, alimentação e demais artigos necessários para o alojamento, manutenção e criação das espécies de animais.

Feira de Numismática e Filatelia

Até 28/12/2020

Local de encontro de vários colecionadores, esta feira tem como objeto a venda e troca de moedas, postais, selos e outros objetos colecionáveis afins. Realiza-se debaixo das arcadas dos prédios que rodeiam a praça.