Fonte: Espectros by Henrik Ibsen, All rights reserved

Sobre

Filho pródigo, Osvald Alving regressa a casa dos pais com uma “infeção”, doença que engendra fantasmagorias. Na sua presença, adensam-se as sombras de um conjunto de “atitudes antiquadas e crenças mortas”, os “espectros” que envenenam o presente e hipotecam as possibilidades de futuro. Circunscritas a um lugar escuro de onde ninguém sai ou entra, as personagens de Espectros (1881), do dramaturgo norueguês Henrik Ibsen, vivem “com medo da luz”, inconformadas com o estrangulamento das suas vidas afetivas, ávidas de um impulso vital que as liberte de uma existência regida pelo conservadorismo e pela omnipresença do dinheiro. “Com Ibsen”, escreveu George Steiner, “a história do teatro começa de novo. Isto basta para fazer dele o mais importante dramaturgo desde Shakespeare e Racine.” O encenador Nuno Cardoso inscreve-o no repertório deste Teatro Nacional, num gesto programático que importa sublinhar. “Que herdamos nós?”, pergunta Helene Alving, mãe de Osvald. Herdamos uma força do passado, tão forte e persistente que continua a ecoar nos nossos “poucos e desalmados” dias.

Quando

Domingo, 6 Junho 2021 16:00-18:00

Sábado, 5 Junho 2021 19:00-21:00

Sexta-feira, 4 Junho 2021 19:00-21:00

Quinta-feira, 3 Junho 2021 19:00-21:00

Quarta-feira, 2 Junho 2021 19:00-21:00

Domingo, 30 Maio 2021 16:00-18:00

Sábado, 29 Maio 2021 19:00-21:00

Sexta-feira, 28 Maio 2021 19:00-21:00

Quinta-feira, 27 Maio 2021 19:00-21:00

Quarta-feira, 26 Maio 2021 19:00-21:00

Galeria

  • Preço
    5€
  • Promotor
    Teatro Nacional São João
  • Audiência Alvo
    Jovens (12-18)Adultos (19-64)Séniores (>65)
  • Visit Porto

    2021-05-24