Fonte: Teatro Nacional São João, All rights reserved

Sobre

Talvez Ricardo Pais seja o criador cénico que mais vezes sondou a psicopátria através da música. Ninguém como ele exercitou a sua diferença e convivialidade, do melancólico pathos do fado à vitalidade eufórica do fandango. Relembremos Raízes Rurais. Paixões Urbanas (1997), retrato melódico do país para o qual reuniu em palco as Adufeiras de… Monsanto, revelando ao mundo os cânticos e os embalos destas grandes mães rurais. talvez… Monsanto nasceu de uma expedição que Ricardo Pais, o percussionista Rui Silva e o compositor e guitarrista Miguel Amaral fizeram a este icónico lugar beirão, uma pétrea e histórica aldeia onde se aninham canções, litanias, rezas, lendas. Matérias ancestrais que são aqui reconfiguradas por músicas e linguagens de cena mais urbanas, como o fado e o vídeo. talvez… Monsanto constrói-se como um ritual, em que se sai e entra da palavra dita ou cantada, da música e, sobretudo, dos ritmos e percussões. Mais do que um concerto, Ricardo Pais propõe-nos uma coreografia de sinais, gestos, imagens e sons. Uma teia de figurações onde todos os intérpretes – de que destacamos a atriz Luísa Cruz, o fadista Miguel Xavier e as Adufeiras de Monsanto – alimentam a ilusão de que são personagens de um drama. Onde se representa, ainda e sempre, a imensa tristeza e a imensa alegria de ser português.

Quando

Sábado, 5 Dezembro 2020 11:00-12:20

Sexta-feira, 4 Dezembro 2020 19:00-20:20

Quinta-feira, 3 Dezembro 2020 19:00-20:20

Galeria

  • Preço
    7.50€ - 16€
  • Promotor
    Teatro Nacional São João | Ricardo Pais
  • Audiência Alvo
    Jovens (12-18)Adultos (19-64)Séniores (>65)
  • Visit Porto

    2020-11-25