Fonte: Cultura em Expansão

Sobre

Vera Mantero, nome central da Nova Dança Portuguesa, estreia-se no Cultura em Expansão com dois dos solos que marcam uma carreira com mais de três décadas. Criado em 1991, Talvez ela pudesse dançar primeiro e pensar depois assinala o encontro da criadora e intérprete com a sua identidade de movimento, presença em cena e escolha de elementos de criação e atuação. Já Olympia, performance sobre o uso do corpo pela cultura do poder, está para além da dança, mostrando-se também como a história da rebeldia dos corpos e a denúncia da relação mercantil da arte com o dinheiro. Em ambos, a bailarina e coreógrafa afirma a interdisciplinaridade do seu trabalho, roubo, desconstruindo e usando o que necessita para que a sua dança seja total.

Quando

Sexta-feira, 9 Outubro 2020 21:30-22:30

Galeria

  • Preço
    Entrada livre
  • Promotor
    Câmara Municipal do Porto
  • Audiência Alvo
    Jovens (12-18)Adultos (19-64)Séniores (>65)
  • Visit Porto

    2020-09-25