Fonte: Casa da Música

Sobre

De entre os 27 concertos para piano e orquestra de Mozart, o Concerto nº 20, em Ré menor, é o mais conhecido e de maior impacto dramático. Foi escrito no auge da sua carreira enquanto compositor, em 1785, e o próprio o estreou ao piano conquistando sucesso imediato. A originalidade da obra tornou-a um marco da escrita concertante, dando um novo fulgor às possibilidades de diálogo entreo piano e a orquestra. Quem foi fortemente influenciado por estas ideias e as levou ainda mais longe foi Beethoven. Também ele pretendeu dar um papel ao solista que fosse para além do confronto com a orquestra, e o seu 3º Concerto revela-se especialmente revolucionário pela escala e intensidade dramática. O convidado para dirigire tocar estas obras emblemáticas com a Orquestra Sinfónica é David Fray, prestigiado pianista francês que conquistou o público portuense, no ano passado, quando se estreou nesta sala.

Quando

Sexta-feira, 18 Setembro 2020 21:00-22:00

Galeria

  • Preço
    7.50€
    Jantar + Concerto: 19.50€
  • Promotor
    Casa da Música
  • Audiência Alvo
    Público em Geral
  • Visit Porto

    2020-09-02