Fonte: Teatro Nacional São João, CC BY-NC-SA - Alguns Direitos Reservados

Sobre

Já repararam nos meus olhos? Reparem bem nos meus olhos, não são meus, são os olhos do nosso século. Os olhos que furam por detrás de tudo, vai começar. Minhas senhoras e meus senhores, vai começar!

Almada Negreiros – “Conferência n.º 1”

“Nós não somos do século de inventar as palavras. As palavras já foram inventadas. Nós somos do século de inventar outra vez as palavras que já foram inventadas.” Com Exatamente Antunes, foi como se Jacinto Lucas Pires – concitado por Nuno Carinhas – respondesse ao apelo de Almada Negreiros, desencaminhando-lhe Nome de Guerra para a cena. Obra de uma prodigiosa frescura e ingenuidade, o romance instala-nos no percurso (ou carrossel) iniciático de Antunes, provinciano sacudido pelos acasos da sorte na grande cidade, que, entre o clube noturno e o quarto de hotel, acumula a experiência bastante para concluir que… nenhum saber resulta da acumulação de experiência. Partilhando com Almada o prazer dos paradoxos e a lúdica reinvenção da linguagem, Nuno Carinhas assumiu, enquanto cenógrafo e figurinista, o papel de tridimensionar esta “obra-prima de desenho”, como lhe chamou David Mourão-Ferreira. E partilhou a encenação com Cristina Carvalhal, fazendo do palco vazio do São João não apenas a metrópole boémia ou a fantasmática aldeia de Antunes, mas também (e sobretudo) o interior de uma cabeça.


TRANSMISSÃO ONLINE A PARTIR DE VIMEO - ENTRADA PARA A SALA ONLINE / FACEBOOK / INSTAGRAM

Quando

De Sexta-feira, 26 Junho 2020 22:00 a Domingo, 28 Junho 2020 23:59

Galeria

  • Promotor
    Teatro Nacional São João
  • Audiência Alvo
    Público em Geral
  • Visit Porto

    2020-06-25