Fonte: Casa da Música, All rights reserved

Sobre

“Atrás dos Tempos Vêm Tempos” é uma canção que Fausto primeiro cantou na Madrugada dos Trapeiros, corria o ano de 1977, com o aroma dos cravos ainda fresco na memória de todos. Quase 20 anos depois, esse título haveria de servir para uma antologia da sua obra. Agora, volta a recuperar-se para nomear um espetáculo raro. Não é apenas raro porque Fausto é parcimonioso a pisar as tábuas dos palcos, ele que sempre preferiu a reserva à exposição, a ausência à luz da ribalta. É raro porque quase sempre que Fausto levou as suas criações para o palco o fez com a ideia de que o presente, e não a memória, é que lhe merecia a atenção. Normalmente, um concerto significava a exploração do último trabalho, a oportunidade de expor ao vivo aquilo que se tinha tão minuciosamente criado em estúdio. A ideia de “grandes êxitos” nunca encontrou grande eco no seu espírito. No entanto, é inegável que nas suas 5 décadas de aplaudida carreira, o homem que subiu um rio, saltou para lá das cordilheiras, pisou terra ardente e escalou montanhas, deixou muitos marcos no seu caminho. Será desses marcos que este novo espetáculo se fará, na Casa da Música e num mundo que já se espera diferente.

Quando

Sábado, 4 Setembro 2021 21:00-22:00

Sexta-feira, 3 Setembro 2021 21:00-22:00

Galeria

  • Preço
    30€
  • Promotor
    Casa da Música | Ao Sul do Mundo
  • Audiência Alvo
    Público em Geral
  • Visit Porto

    2021-08-30