Depois de ter sido a morada da Rádio Estação, a renovada Biblioteca Popular de Pedro Ivo acolhe, nas próximas semanas, duas residências programadas pela direção artística do Teatro Municipal do Porto.


Desde o final de março que a Biblioteca Popular de Pedro Ivo, localizada na Praça do Marquês do Pombal, foi reconvertida num projeto dinamizado rotativamente por departamentos culturais do município do Porto. As primeiras sete semanas de atividade estiveram a cargo do Museu da Cidade, que instalou no espaço a sua Rádio Estação. Agora, na segunda fase da iniciativa, o Teatro Municipal do Porto convida dois criadores a ocupar o espaço.


A primeira residência artística é de Mariana Amorim (e da Esquiva — Companhia de Dança), desenvolvida no âmbito da peça “Inquietação com as voltas do mundo”, espetáculo que cruza várias linguagens artísticas a partir da obra poética de Aires Torres e estreará em data a anunciar. No último dia, o próximo domingo, 30 de maio, a biblioteca terá um momento de portas abertas, pelas 17h.


Já em junho, o artista Eduardo Breda (e a associação artística Pangeia) desenvolverão no espaço a primeira fase de criação do trabalho “Impressões de Viagem”. O mote para o projeto foi o encontro com um diário antigo, descoberto num caixote de cartão escondido na casa de campo da família, que levou ao desenvolvimento de um conflito interno. Esta residência terá um momento de portas abertas a 12 de junho, sábado, também às 17h. A entrada para estes dois momentos de partilha pública é gratuita, mas sujeita à lotação do espaço.

Mais artigos

  • Ágora - Cultura e Desporto do Porto


    Atualizado pela última vez 2021-05-25